A Feld Entertainment comenta as condições da pista em San Diego

Depois da reclamação dos pilotos e da declaração da AMA sobre as condições da pista em San Diego (clique aqui), a Feld Entertainment, promotora do Campeonato AMA Supercross também fez uma declaração a imprensa ontem a noite com mais detalhes sobre a situação.

Na declaração, a promotora explicou que um agente ressecante foi aplicado na terra e que ele “pode ter causado irritação cutânea e danos as motos.”

A declaração também explica que a equipe “tomou precauções normais para garantir uma pista segura e apta para corrida” e que antes das classificatórias eles removeram as lonas de proteção e aplicaram o agente ressecante, uma mistura de areia e cal para “tratar duas áreas na pista para tentar remover umidade da terra.” As áreas não foram especificadas, mas muitos pilotos apontaram para a linha de largada que tinha uma tonelada de água parada.

A declaração continuou: “parece que uma quantidade sem precedente de chuva no sábado impediram o cal de se misturar como de costume com o solo. E isso acabou espirrado nos pilotos e nas motos o que pode ter causado a irritação na pele para alguns pilotos e danos as suas motos.” 

A Feld declarou que está entrando em contato com “cada piloto que participou da corrida no sábado para avaliar a extensão do impacto, garantir seu bem estar e colocá-los de volta as motos e nas corridas.” 

Veja a declaração completa:

“No sábado, 02 de Fevereiro, no Petco Park em San diego, Ca., os pilotos do Supercross foram afetados por um agente ressecante aplicado na terra da pista que pode ter causado irritação na pele e danos as suas motos. O bem estar de nossos pilotos, suas equipes e nossa equipe é sempre a principal prioridade para nós em todos os eventos de Supercross. Dada a previsão da semana passada de chuva  para o evento de sábado em San Diego, a equipe de pista tomou precauções normais para garantir uma pista segura e apta para corrida. Antes das baterias classificatórias e main events, eles remoram a lona de proteção e aplicaram o agente ressecante, uma mistura de areia e cal, para tratar duas áreas na pista para tentar remover a umidade da terra. Esse processo tem sido usado com segurança há décadas no Supercross para secar terra e assim reduzir o risco de acidentes para os pilotos. Parece que a quantidade sem precedência de chuva no sábado impediu que o cal se misturasse como de costume com o solo. Isso acabou espirrado nos pilotos e suas motos o que pode ter causado irritação na pele para alguns pilotos e danos as suas motos. No momento estamos entrando em contato com cada piloto que participou da corrida de sábado para avaliar a extensão do impacto, garantir seu bem estar e colocá-los de volta a suas motos. Nós também estamos revisando nossos processos existentes para lidar com excesso de água dentro da pista para prevenir uma repetição.”

Cover photo by: Jeff Kardas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s