Mitch Evans: um novato no pódio do Mundial de Motocross 2019

Quem é Mitch Evans? A maioria não conhece, mas quem é leitor do MMXCrossWorld conhece esse jovem australiano que é sucesso nos campeonatos australianos de Supercross e Motocross e representou duas vezes a Austrália no Motocross das Nações. E agora em 2019 ele mudou para a Europa para representar a equipe Honda 114 Motorsports na MX2 e chamou atenção conquistando um pódio em sua estreia na abertura na Argentina no último final de semana. 

Uma das maiores surpresas da etapa de abertura da categoria MX2 foi o jovem australiano chamado de Mitchell Evans. Evans fazendo sua estreia na MX2 com a Honda 114 Motorsports conquistou um lugar no pódio e parecia confortável dentro da pista. Mesmo depois de disputar o Motocross das Nações em 2016 e 2018, nada podia preparar Evans para as altas velocidades e a longa pista do Grand Prix da Argentina. E curiosamente não foi a corrida que o pegou, mas na verdade foi subir no pódio no domingo a tarde.

“Honestamente eu não sabia o que esperar (quando subia no pódio). Eu estava mais nervoso em cima do pódio do que estava na linha de largada para as baterias. Eu lembro da corrida no MXoN 2016 e estava alinhado no gate e o público estava aumentando na arquibancada e a mesma coisa aconteceu na Argentina. Eu me lembro de dizer pra mim mesmo em 2016 que aqui é onde eu queria estar e isso se realizar três anos depois é incrível. Eu fiquei sem palavras e tentei curtir cada momento.” – Disse Mitch Evans.

Apesar de pouca experiência internacional, o australiano sabia que o MXGP era o lugar que ele queria estar e trabalhou duro na Austrália para fazer esse objetivo acontecer. O MXoN no circuito de Maggiora provou ser o lugar certo para acender a centelha para uma mudança para a Europa.

“2016 abriu meus olhos. Eu estava na escola naquela época e nunca tinha corrido uma bateria de 30 minutos e não estava preparado. Aquele momento me fez criar um plano e três anos depois nós conquistamos nosso objetivo e estamos aqui. É muito legal que tudo deu certo.” 

O que é impressionante sobre Evans é que ele desistiu da chance de defender seu campeonato australiano na MX2 em 2018 para que ele pudesse ser escolhido para a equipe australiana para o Motocross das Nações nos Estados Unidos.

“Um grande motivo para eu ter mudado para a categoria MX1 em 2018 na Austrália foi para que eu pudesse entrar na equipe australiana para o Nações em Redbud. Muita gente duvidava que nós passássemos pelo final de semana, mas nós sabíamos que tínhamos uma equipe sólida e eu estava empolgado com minha pilotagem, não era a melhor, mas eu ainda tive bons resultados e brigar com Ken Roczen na segunda bateria foi um enorme reforço de confiança.”

E agora, depois de um top 3 na Argentina, Evans está ansioso para voltar a Europa para circuitos como Matterley Basin e Valkenswaard. Momentos empolgantes para o jovem piloto australiano.

“Estou ansioso para Matterley Basin, lá tem alguns saltos grandes e estou ansioso para algumas canaletas profundas também. Nós temos pistas de areia profunda no Sudoeste da França, mas todo mundo me diz que não é como Valkenswaard. Eu costumava ter muita dificuldade na areia e trabalhei nisso no ano passado e nessa pré temporada. Se tivermos boas largadas e eu puder correr com os garotos da frente, então eu poderei conseguir melhorar ao longo do final de semana.” 

Então mundo se prepare! Esse jovem garoto de Cairns na Austrália agora focou seus objetivos para uma vitória de GP e uma temporada muito consistente tanto na Europa quanto ao redor do mundo.

Cover photo by: Bavo Swijgers

Fonte: Geoff Meyer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s